Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mesmo sítio de sempre.

mesmo sítio de sempre.

vou deixar de ver futebol

Só me apetece dizer asneiras fodasse, como é que eles me perdem este jogo crl?????? 

Há umas semanas fiquei quase até às 5h da manhã a ver um jogo de sub-20 onde perdemos nos penalties.

Hoje perdem nos penalties. FODASSE

Mete nojo, mete mesmo nojo como é que as equipas por quem eu torço NUNCA ganham nos penalties. Estou revoltada.

E chateada.

E cansada.

E isto de levantar às 5h30 da manhã e chegar às 19h30 não é vida para mim. Este mundo em que me insiro é de loucos e faltam 29 dias, para eu nunca mais entrar nele. Nunca mais. 

Eu já estou em contagem decrescente. 

é hoje.

Não me tem apetecido escrever. Nem aqui, nem nos meus cadernos, nem noutro blog que tenho, nem em lado nenhum. Não me tenho sentido minimamente inspirada para escrever, nem sei se tenho tido tempo para escrever ou para pensar que falta escrita à minha vida.

Tenho andado ocupada, não que ande cheia de coisas para fazer, porque não, mas o pensamento tem-me ocupado bastante tempo. 

Tenho andado muito bem, e existe sempre aquela ambição de se querer estar ainda melhor e é aí, nessa insatisfação do bem que temos, que entram as dúvidas. 

As dúvidas surgem e eu tenho tentado não lhes dar muita importância para que não me consumam por dentro, mas a verdade é que elas estão lá. Quer eu queira quer não, e sei que mais cedo ou mais tarde acabarei por ter de enfrentá-las. Mas sinto que ainda não é o momento certo. 

O meu estágio começa na terça-feira e não tenho pressa de nada. Aprendi, nos últimos anos, a viver o meu dia-a-dia sem ansiar o futuro. Nunca ansiei que a escola terminasse, nem que o estágio começasse, nem que nada acontecesse. Acredito e sei que nos entretantos da vida acontecem coisas inesperadamente incríveis e isso motiva-me. É o dia de amanhã que me motiva, não o mês que vem. Estou tranquila e é assim que me vejo a viver. Preocupada só com o dia de hoje, porque ser feliz é uma coisa que não se pode adiar para o mês que vem. Ser feliz é hoje.

um brinde ao que passou.

Terminou hoje um ciclo de 3 anos. Não sei se foram os 3 melhores anos da minha vida, mas sei decerteza que tive alguns dos melhores momentos da minha vida.. e também dos piores, é certo.
Mas sobretudo, eu vivi estes anos com uma intensidade gigante. Às vezes quando olho para trás, penso que o melhor que fiz foi há 3 anos atrás ter decidido mudar de curso. Isso levou-me a mudar para uma cidade a 60km da minha. E foi um desafio. Não foi fácil ao início, mas consegui.
Cresci muito nestes anos, houve pessoas - umas pelo melhor e outras pelo pior - que me ensinaram muito, houve quem me desse muitas lições e eu sou muito grata por isso. 

Hoje recebi talvez o maior elogio que recebi em toda a minha vida. Mas eu vou guardá-lo para mim.

Em tudo o que alcancei e conquistei nestes 3 anos, em tudo o que vivi, tudo o que aprendi e ensinei, de todos os passos que eu errei e que eu acertei, o melhor de toda esta viagem foi ter aprendido a ser eu. A não ter medo de ser-me. Não há nada que pague isso.

Posso dizer que estou orgulhosa de mim, daquilo que fiz, de apesar de muita luta e muito trabalho no fim tudo valer a pena. 
Conheci muita gente e ao olhar para trás, tenho a sensação que trago tão poucos comigo. Não sei se daqui a um ano falarei sequer com algum. Mas se há coisa que aprendi foi que a vida é mesmo assim. As pessoas vêm e vão e quanto àquelas que nos marcam, terão sempre um espaço especial no nosso coração e na nossa memória, e mesmo que não voltaremos a partilhar novos momentos, já ninguém nos rouba aquilo que passamos, aquilo que partilhamos e vivemos juntos.

Há pessoas que me vão deixar saudades, e eu quero que a vida seja sempre assim. Quero ter a consciência de que há sempre quem marque determinada altura da nossa vida, mas que marque de uma forma tão especial que eu possa sentir saudades delas. Quero ter saudades dos sítios por onde passo, só porque quero encontrar felicidade em todos eles. Quero poder lembrar-me do quão feliz fui, enquanto o continuo a ser.
Obrigada a todos os que acompanharam nestes 3 anos, e em especial àqueles que levo comigo.

Facada nas costas.

Não sei se hei-de rir ou chorar, quando penso que facadas nas costas (felizmente) só tenho tido indiretamente. Ou seja, não a mim, mas a coisas minhas. Desta vez, ao meu Benfica.

Eu sei que talvez devesse tentar compreender a sua decisão, e eu juro que já tentei, mas não consigo. É difícil, para mim, como adepta sócia do Benfica aceitar isto. 

Eu consigo compreender o facto de ele querer ganhar mais, e aceito isso, mas... para o Sporting?? Nada contra a sério, mas o Sporting é um clube que não encaixa na filosofia de Jesus. Para mim, seria mais fácil compreender uma saída de JJ para o Porto, porque, à semelhança do Benfica, o Porto é o único clube em Portugal que oferece as condições necessárias de trabalho a um treinador com as caraterísticas de Jorge Jesus. 

Ao início quando li a notícia pensei que estava a alucinar. O Sporting é um clube em crise financeira à vários anos que tem andado a reduzir em tudo, como é que agora (do nada!) apareceram uns empresários angolanos quaisqueres (duvidosos, ainda por cima) dispostos a pagar valores ridículos por um treinador. Nem o do Barcelona arrecada tanto dinheiro quanto o que está apontado para ao Jesus. 

Há quem diga que com isto o JJ demonstrou ser uma pessoa pronta para grandes desafios. Eu não adoto essa opinião. Para mim, JJ com isto demonstrou uma tremenda falta de ambição a nível profissional. 

Convenhamos: ele esteve (passado!) 6 anos no Benfica. Construiu a sua equipa como quis e com grande liberdade para o fazer. Estava perfeitamente inserido no clube e tinha os adeptos do seu lado. Se ele fosse mais ambicioso, na minha opinião, tentava sem dúvida um título europeu e a partir daí acredito que tivesse propostas idênticas à do Sporting, de outros clubes que lhe dispusessem uma posição um pouco mais estável.

Relativamente ao Benfica nada temo, confio no Presidente e acho que ele defendeu muito bem os interesses do meu clube. A verdade é que o Benfica é um clube demasiado grande para se submeter aos interesses pessoais de um treinador. E, neste momento, precisamos de não nos individarmos mais e de apostar um pouco na formação. 
Quando à estadia de JJ em Alvalade não creio que correrá tão bem quanto a do Benfica. A única coisa que o Sporting pode beneficiar relativamente ao Jorge Jesus, é que ele neste momento é um treinador mais maduro e experiente do que quando entrou no Benfica, e certamente que não cometerá erros idênticos no Sporting. De resto, é certo que o Sporting não lhe vai conseguir oferecer um planter como o Benfica. O Sporting não tem dinheiro (para além desses empresários manhosos) para atender às exigências do JJ. A solução passará por fazer aquilo que ele nunca quis: apostar na formação. 

A questão é que o Benfica e o Porto têm uma equipa praticamente feita e com bons jogadores e vai ser difícil ele colocar-se lado a lado com os rivais. 

O outro problema é a pouca flexibilidade do presidente do Sporting. Não gosto da forma como o Bruno de Carvalho faz e resolve as coisas, e o JJ é uma pessoa que gosta de comandar e gosta que as coisas sejam feitas à maneira dele. Só que o Bruno de Carvalho adora assumir a sua posição a um ponto extremamente ridículo e por vezes deita tudo a perder. Se ele não se conseguiu entender com o Marco Silva que a meu ver é um homem bastante educado, como é que ele vai conseguir entender-se com o JJ?

Vamos ver!!

É uma grande facada deste senhor e espero que o Benfica seja campeão novamente. Teria o maior sabor de todos. E também gostava que Jesus mais tarde percebesse que ir para o Sporting foi uma decisão errada. Mas só o tempo dirá.

Por agora, benfiquistas, temos de digerir e esperar pela próxima temporada!! Confesso que vai ser extremamente interessante o próximo campeonato, com o LOLpetegui a disparatar contra o Sporting de Jorge Jesus (isto soa terrivelmente).

Boa sorte amigos lisboetas sportinguistas. Este ano têm um Porto anti-Jesus a querer destruir-vos e um Benfica com uma tremenda vontade de vos deixar num sétimo lugar. Deculpem-me por isto, mas a sério que a culpa não é vossa. Até simpatizo com o Sporting, mas é claro que derrubar o Grande Mister, que deu uma facada ao clube que lhe deu nome e que o acolheu a si e às suas vontade durante estes 6 anos, iria ter um sabor absolutamente incrível. 
Rumo ao TRIgésimo quinto!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D